Sandy

SANDY

Sandy, que se apresenta neste domingo, 12, no Rio de Janeiro, rebateu as críticas feitas pela revista “Veja” sobre seu novo CD, “Manuscrito”.

“Cada um tem sua opinião, eu não concordo que eu seja uma cantora caipira. Deixei de cantar sertanejo quando tinha dez anos com meu irmão. Basta ouvir ao novo CD e assistir ao show pra saber que isso não é verdade. É preconceito”, disse a cantora durante uma entrevista antes de subir ao palco do Viva Rio.

A crítica publicada na revista “Veja” diz que “a influência dos tempos de Maria Chiquinha ainda tem ecos na voz de Sandy, embora se possa notar algum distanciamento daquele período. As palavras onduladas em silabações no estilo do pai Xororó, como em “hoje eu quero sai-i-ir só”, da música de Lenine, estão lá.”



Próximas datas

Aguarde novos eventos