Sandy dá entrevista para 'Playboy'

Sandy dá entrevista para 'Playboy'

Sandy debate os mitos sobre o universo masculino e defende que a masturbação é um modo de conhecer o próprio corpo e deveria ser praticado por todas as mulheres:

Sobre casamento e fidelidade, a cantora revela que ‘homem não nasceu para ficar com uma mulher só’:Clique aqui para ouvir [Sandy comenta sobre traição]

A polêmica e tão comentada declaração de Sandy sobre sexo anal:

Sandy para a PLAYBOY: “A imagem de virgem é um mito!”

Sandy para a PLAYBOY: “A imagem de virgem é um mito!”

A Entrevista
Além das revelações sobre sexo anal, masturbação, firmes pornô e striptease, a revista PLAYBOY que chega às bancas nesta terça-feira (09) traz Sandy falando sobre virgindade. “A imagem de virgem é um mito. Eu só queria lembrar a todo mundo que casei com 25 anos. Não casei com 21, 20, 19. Eu namorei muitos anos, não cabe pensar esse tipo de coisa”, disse ela, que subiu ao altar com Lucas Lima.

Para a irmã de Junior Lima, a experiência sexual antes do casamento é válida. “Na minha opinião, como sexo é muito importante num relacionamento, não dá para ignorar esse fato. Eu acho interessante você saber, antes de casar, se é compatível sexualmente com o seu parceiro.”

Segundo Sandy, ao contrário da declaração de Luana Piovani, de que muitos homens haviam broxado com ela, o mesmo não aconteceu com a filha de Xororó. “Não, mesmo. Não tenho absolutamente nada do que reclamar do meu marido.”

A menina ainda aproveitou a entrevista para desmentir os boatos de que seu irmão seria gay. “Entre os mais próximos, ele sempre teve fama de pegador (Risos). E eu olhava as fofocas e dizia: “Ih, gente, vocês não sabem o que estão falando. Ele sempre foi terrível.” (CB)

Todas as tentativas de mostrar uma Sandy mais ousada e madura não tiveram tanto sucesso quanto a entrevista que a cantora deu para edição de aniversário da revista PLAYBOY, nas bancas nesta terça-feira (9). Além da polêmica sobre sexo anal, ela também diz que assiste a filmes pornográficos – “Não sei dizer quantas vezes, mas já vi”.

“Ah, tem momentos em que ele é bem adequado”, é a sua opinião sobre as produções. Ela também fala que não compartilha da opinião da maioria das mulheres que prefere filme pornô com enredo – “Ah, não. Acho que historinha é só pra enrolar. Ainda mais porque os atores normalmente não atuam muito bem. Eu acho que os filmes pornográficos poderiam ter menos historinha e ir direto ao assunto.”

A cantora ainda fala sobre a importância da masturbação na vida das mulheres, “Se não se masturbam, deveriam. É completamente válido. Gente, temos que conhecer o nosso corpo antes de querer que os nossos parceiros conheçam! Como a gente pode exigir que o parceiro conheça o nosso corpo se você não conhece? Você tem que saber mais do que ele.”, completou.



Próximas datas

Aguarde novos eventos