Nesta segunda-feira, 17, completa 10 anos que a dupla Sandy & Junior anunciou, em uma coletiva, a separação oficial, depois de 17 anos juntos. De lá para cá, a data ficou marcada para os fãs que lembram com saudades da carreira que marcou uma geração.

Para celebrar o amor aos irmãos, um grupo de fãs preparou uma homenagem pra lá de especial. A música ‘Toda vez que eu vejo a lua tocar no mar’ foi composta pelos também músicos Hilreli, Jael Soares e Junior Neves, inspirada nos sucessos da dupla que vendeu mais de 15 milhões de discos.

“A inspiração surgiu do resgaste de uma memória afetiva e de um tempo precioso; infância e adolescência são os momentos mais marcantes que a gente tem na vida, o que acontece nessa fase fica ecoando pra sempre. A proximidade da data criou um motivo para gente revisitar e relembrar”, explicou Hilreli, que teve a ideia de produzir o material em homenagem à dupla.

Em 17 anos, Sandy & Junior foram considerados verdadeiro fenômeno da música brasileira com números que impressionam; 16 álbuns e sete dvds lançados, mais de 30 sucessos no topo das paradas; 63 indicações em prêmios musicais; mais de 1.600 shows no Brasil e exterior; mais de 32 milhões de pessoas assistiram ao espetáculo dos irmãos em 9 mega turnês; foram os primeiros artistas brasileiros a lotarem o Maracanã; mais de 300 produtos licenciados; mais de 120 fãs associados ao Fã Clube Oficial; cinco anos do seriado Sandy & Junior na Rede Globo; dois filmes; uma novela; mais de 500 apresentações em programas de TV; 20 discos de ouro; 28 discos de platina e oito discos de diamante.

A música cita cancões da dupla e também características marcantes de cada um. “Conforme a música foi nascendo, a gente foi buscando referências que tínhamos em comum e principalmente nas letras da dupla, deixando de forma mais subjetiva, mas que todo mundo entendesse do que estávamos falando”, revelou Hilreli.

A música está disponível para todos os fãs que quiseram ouvir, no Youtube, na Fanpage do Hilreli e em breve no Spotify.

⁠TODA VEZ QUE EU VEJO A LUA TOCAR NO MAR
(Hilreli/Jael Soares/Junior Neves)

Vão-se vários ciclos e estações,
Tardes de domingo e um sorriso
aberto cheio de frescor e som,
florescido em seu querer

Olhos vivos, fixos, vibram em mim
São uma quimera… Ah quem me dera musicar o tempo assim
E guardar tudo num ‘potin’

Dão-se os pés fora do chão,
Voo livre na canção,
Notas pelo ar
E uma vontade que no peito mora

Toda vez que eu vejo a lua tocar no mar.
Toca a brisa na pele, revivo um sonho,
Que não vai terminar
Aqui dentro, agora & sempre
e cada vez que um som lembrar.
Se não morre no fim,
é intenso em mim, imortal

Thururu ruru turu



Próximas datas

30
abr
Show Turnê Meu Canto
Teatro Guaíra - Curitiba/PR
+
07
mai
Show Turnê Meu Canto
Teatro Castro Alves - Salvador/BA
+
18
mai
Show Turnê Meu Canto
Londrina/PR
+
19
mai
Show Turnê Meu Canto
Theatro Pedro II - Ribeirão Preto
+